Como Deixar Seu Texto Mais Criativo?



        Sabe aqueles momentos em que você precisa usar uma metáfora, mas está cansado de tudo o que já está por aí?
“Silêncio profundo”, “cascata de cabelos”, “voz áspera”...
      Pois é, tem coisas que são tão usadas, mas tão usadas nos livros que a gente até enjoa de ver, e quando lê, elas já não fazem mais nenhum sentido porque as palavras meio que caíram num limbo emocional e não despertam mais nenhuma sensação.
      Pois saiba que nem só de metáforas repetidas vive o escritor.
      Afinal de contas, usar a sinestesia para transmitir uma ideia ou imagem é uma técnica muito comum, mas nem por isso você precisa se apegar a ela de maneira padronizada.


Não Preencha Linhas.


         Sério, não tem coisa mais sem sal do que ler um livro cheio de metáforas clichês. Isso porque, quando a gente escolhe uma história nova para ler, quer se sentir tocado por ela.              Quer que aquele conteúdo nos transmita sensações novas, e isso não acontece quando o autor insiste no: “Seu coração falhou uma batida” ou “soltou o ar que não sabia que estava segurando”.
         Quando a gente escreve precisa pensar no leitor, precisa recompensar o leitor pelo tempo dedicado ao livro e não simplesmente preencher as linhas com palavras, como se cada uma delas fosse um pacote comprado pronto.
        Escrever é um trabalho artesanal, que exige cuidado, inovação constante e emoções genuínas.

Criar é a melhor parte

         Sim, a melhor parte de produzir um conteúdo novo é criar. Então porque usar coisas que já estão por aí?
          Inventar suas próprias frases é essencial se o seu objetivo é realmente tocar o leitor.            E as frases sinestéticas são ótimas pra isso.
          Através da combinação equilibrada, a técnica deixa o seu texto único e transmite sensações tão reais que são difíceis de esquecer.
           Tá, mas como fazer isso?

Sinestesia na hora certa

        Uma boa ideia é usar a sinestesia para aliar diferentes sensações e transmiti-las ao leitor.
         Sinestesia é exatamente isso, a percepção combinada de duas sensações que juntas dão uma ideia mais real e palpável sobre a emoção que envolve a história naquele momento. Vou dar um exemplo:
Imagine que fulano é um sujeito com boa desenvoltura. Ele sabe do que está falando e é fácil ouvi-lo. Fulano está dando uma palestra e a plateia o escuta atentamente, logo: “Fulano tinha a voz líquida”.
  
  Agora imagine uma outra situação:
Fulana entra num bar depois de enfrentar o frio agonizante do lado de fora. Há um balcão cheio, pessoas em mesas e “havia uma música morna no ar ”.
       
         Como se pode ver, aliar audição, olfato, tato e paladar podem ajudar, e muito, na hora de criar um texto marcante.
         Então abandone as metáforas batidas e inove criando as suas próprias.
         E se você gostou dessas ideias, saiba que pode encontrar mais nas minhas redes sociais e é claro, seguindo o Fuxicos e Rabiscos para receber todas as notificações.
E não se esqueça de deixar os seus elogios, ideias e críticas nos comentários.

Beijos e letras.
Lia Maia.


4 comentários via Blogger
comentários via Facebook

4 comentários

  1. Adorei as dicas, nunca tinha pensado muito sobre isso. Eu sempre achei tão bonitinho "soltou o ar que não sabia que estava segurando", nem percebia que já era manjado, hahah
    Post muito interessante, beijo!

    Sorriso Espontâneo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Menina, pior que eu também não tinha me dado conta de que a frase se repetia tanto, até que eu vi uma postagem sobre isso num grupo de leitoras. kkkk elas não aguentavam mais kkkkk

      Eliminar
  2. Só quem produz conteúdo sabe quão difícil é criar textos relevantes, né? Não é fácil coordenar uma boa escrita, encontrar as fotos certas para compor o texto e ainda se preocupar com SEO - no caso de quem tem blog. Adorei suas dicas!

    www.kailagarcia.com

    ResponderEliminar
  3. Muito legal a sua dica!
    Estou com uma Pesquisa de Público no blog e convido você para participar.
    big beijos,
    Lulu
    www.luluonthesky.com

    ResponderEliminar