Featured Slider

Como desenvolver a sua carreira por meio da inteligência emocional?

Devido aos benefícios da inteligência emocional essa já é considerada uma característica-chave para o desenvolvimento profissional e também está relacionada com atingir objetivos como a liderança. De acordo com uma pesquisa realizada pela Six Seconds, 54% dos atributos de sucesso de uma pessoa estão relacionados à inteligência emocional, independentemente do segmento de atuação.
Assim, já há um forte indicativo de que o crescimento da carreira está bastante relacionado com a inteligência emocional e a capacidade do indivíduo de desenvolver competências associadas à IE. São cinco os atributos mais determinantes nesse processo:
  • autoconhecimento
  • autogestão
  • motivação pessoal
  • empatia
  • habilidades sociais


O conjunto dessas características e um convívio equilibrado entre elas permite que o profissional se conheça melhor e possa racionalizar as próprias emoções e escolhas de forma a alcançar seus objetivos, sem, entretanto, desmerecer as emoções alheias ou tornar-se individualista, pois afinal a liderança consiste em trabalho em equipe.

Mais de 25 milhões de espectadores já assistiram Minha Vida em Marte.


Olá, cinéfilos de plantão do  Fuxicos e Rabiscos, como estão?
Semana passada tirei um tempinho para ir ao cinema e conferir a continuação de Minha vida em Marte, protagonizado por Mônica Martelli e Paulo Gustavo, longa metragem que teve sua estréia no dia 25 de Dezembro e que já divertiu mais de 25 milhões de espectadores.
Uma trama bem animada, conta a história de Fernanda que depois de atingir o seu objetivo, ou seja, ter uma vida feliz e casada com o homem ideal, agora, encontra-se em uma nova etapa difícil, bem complicada. Entretanto,nossa protagonista tem toda a convicção que seu melhor amigo, Aníbal, estará ao seu lado.

Como Fazer Sinopse?



     Talvez o momento mais difícil na hora de concluir um projeto trabalhoso como um livro seja a elaboração da sinopse. Mas calma, hoje vamos falar sobre produzir um texto objetivo e impactante e evitar os erros que afastam os leitores da sua história.

Uma grande responsabilidade.
     A sinopse é o primeiro contato do leitor com o seu livro, então pense nela como um trailer de filme.
Parece estranho, mas veja bem, o que você procura quando assiste a um trailer?

Relacionamento abusivo não é sexy.

Sabe quando você lê uma mulher sofrendo todo tipo de abuso num quote de divulgação literária como se aquilo fosse a coisa mais sexy do mundo?
Então, apesar de ser comum, há algo de muito errado nessa situação.
Isso porque relacionamentos abusivos são experiências dolorosas, muitas vezes humilhantes e não é legal compartilhar esse conteúdo como se fosse “Ok”.



Relacionamento abusivo na vida real.


Já parou pra pensar que muitas vezes, as leitoras de um livro que romantiza o abuso podem estar passando por situações muito semelhantes na vida real?
  • Um chefe autoritário que assedia.
  • Um professor que chantageia.
  • O dono do morro que restringe...
Pois é, imagine como deve ser doloroso pra essas pessoas (e a gente sabe que quase sempre são mulheres) que sofrem esse tipo de violência, ler um conteúdo que trata o abuso como se fosse bonito?
Imagine uma vítima de violência sexual, por exemplo, lendo um estupro que foi escrito de forma romantizada e cheia de detalhes?“Ele fez isso e aquilo, e eu senti isso e isso... ” É quase como se o texto a obrigasse a reviver a situação, e o pior, como se dissesse“Veja, não é tão ruim!” .
Detalhar, romantizar, sensualizar o abuso é uma atitude irresponsável, triste e com o potencial de cutucar o trauma e a ferida das pessoas que sofreram situações semelhantes.
Na vida real, o relacionamento abusivo é frequente. Muito mais frequente do que se pode imaginar e mais da metade das leitoras pode sim ter vivido alguma situação semelhante, então pode ser bom pensar nelas antes de criar um conteúdo desses.